Atividades na Biblioteca

Olá,

Vamos usar este espaço para trocar idéias e experiências sobre atividades na biblioteca escolar.

Se você fez/faz alguma atividade para divulgar o livro, a leitura, para ensinar o aluno a fazer uma boa pesquisar, a utilizar a biblioteca e diferentes fontes de informação, ou qualquer outra que contribua para a aprendizagem do aluno, conte-nos como preparou tudo, como divulgou na escola, qual foi a reação dos alunos durante o evento, quais foram as dificuldades encontradas, como poderia melhorar ainda mais as atividades, entre outros comentários.



Vamos lá, nos conte como foi!
Vai ser muito legal ouvir sua experiência!

27 comentários:

  1. Bem, acho que vou estreiar esta seção contando uma atividade que organizei na biblioteca de uma escola que eu trabalhava antes da atual. Os alunos mais velhos estavam trabalhando questões sobre "Serviços Sociais". Pensei que poderia juntar alguns alunos voluntários, para contar histórias para os alunos pequenos. Conversei com os professores, espalhei alguns cartazes e logo apareceram uma dúzia de alunos (muitos famosos por más atitudes na escola). Sugerí alguns "picture books" livros com figuras. Cada um escolhei o seu. Todos leram a história para depois reler para os pequenos. Arrumei a biblioteca para o evento. Combinei com algumas professoras, para trazerem seus alunos (na faixa dos 4 e 5 anos)para ouvirem histórias. Cada dia um ou dois alunos voluntários contavam uma ou duas histórias. Muitos outros alunos, em horário de intervalo (recreio) apareceram espontâneamente para ouvir a história. O resultado foi incrível! Todos, os voluntários, ouvintes, professores e eu mesma, adoraram e se beneficiaram!

    ResponderExcluir
  2. Olá a todos.
    realizei uma tarefa de formação de utilizadores a que chamei Aula Aberta. Funcionava assim: uma modalidade- fui às turmas e convidei os alunos a uma aula aberta, nos tempos em que os alunos não têm aulas (tipo intervalo para o almoço) levei-os para a BE ou para a sala auditório e falei com eles sobre as etapas da pesquisa (uso um ppt, fazia perguntas aos alunos)
    outra modalidade - coloquei o calendário com as turmas que convidei no placard da sala dos professores e deixei espaços abertos com a possibilidade de inscrições e os professores inscreviam a turma.
    a sessão durava só 45 min. Os profs inscreveram as turmas e nas aulas de LP; EA;AP... fazia com os alunos a simulação de uma pesquisa, com recurso à internet.
    Funcionou mto bem e este ano já me pediram para repetir a experiência.

    Portugal

    ResponderExcluir
  3. É preciso que se dê ao bibliotecário a oportunidade de praticar o que aprendeu e quer fazer. Muitas bibliotecas públicas tem um chefe que nada entende de biblioteconomia, não sabe o que é biblioteca e ainda impede o bibliotecário de realizar seu trabalho e como está num nível hierárquico superior; ainda assim prevalece por força de apoios políticos no serviço público. assim a biblioteca pública não cumpre sua função e o bibliotecário se vê impedido de realizar seu trabalho. Tem gente, inclusive os prefeitos, que pensa que trabalho de bibliotecário é por livros nas estantes, onde estão os livros novos que não chegam a biblioteca? a internet tem bibliotecas que nem sabe quando chegará. Gestor de bibliotecas que não ouve bibliotecário, não lê, não dá uns parabéns ao bibliotecário em 12 de março porque não vê motivo, não sabe a diferença de índice e sumário. como vai administrar uma biblioteca. Finge que administra e a biblioteca finge que atende ao público.
    Assim a imagem da biblioteca fica comprometida e a história da biblioteca segue: bibliotecas sem biblioteconomia. Procure um exemplar da CDD nas bibliotecas públicas e me diga quantas terão. poucas. pergunte hoje as bibliotecas quantos livros elas tem e poucas te darão essa resposta com segurança. Bom o primeiro passo é oferecer um bom espaço físico, móveis e equipamentos, um bibliotecário e recursos financeiros mínimos para a oferta de serviços de qualidade. Fazer eventos só para mostrar serviço não resolve. é preciso ações contínuas e progressivas, programas de atividades que auxiliem na formação do leitor e no desenvolvimento da competência informacional. é preciso deixar o bibliotecário trabalhar e dar a ele os recursos mínimos. veja na CBO classificação brasileira de ocupações no site do ministério do trabalho e emprego, o que um bibliotecário precisa e faça chegar as mãos dele. Então com certeza coisas boas vão acontecer.

    Bibliotecário Carvalho.

    P.S. é triste ver a realidade das bibliotecas públicas do país, muito aquém do que deveriam.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caríssimo colega

      Trabalho em uma bibliteca escolar, e eu não podia deixar de responder seu comentário, me vi nesse texto. A biblioteca escolar e pública são vistas como depósito de livros, o bibliotecário perde a vida diante da falta de investimento para tentar melhorar. As vezes me vejo perdida... Ideias temos "Bibliotecários" mas como colocar em prática se falta apoio.

      Excluir
    2. Concordo com os comentários acima, realidade triste das nossas Bibliotecas Públicas, falta autonomia para desenvolvermos nossas idéias e sobra descaso e burocracia.

      Excluir
    3. Conheci uma bibliotecária certa vez que diante deste descaso, resolveu por conta própria, tornar a biblioteca mais convidativa para resolver o problema de poucos usuários. Decorar a biblioteca com material reciclado pareceu ser um tema atual. Ela entrou em contato com a escola mais próxima, explicou seu projeto e necessidade. A diretora, que logo reconheceu o tema que estava no currículo escolar e com a idéia de ajudar a melhorar aquela biblioteca pública em benefício da comunidade, logo resolveu colaborar. Juntas, a escola e a bibliotecária desenvolveram um incrível projeto que envolveu toda a comunidade. Por algumas semanas, todos juntaram tampinhas, garrafas pet, potes coloridos, entre outras coisas. Professores trabalharam em sala de aula o tema. A bibliotecária planejou a decoração e estipulou o material necessário para a construção dos objetos. No final, as crianças, os professores e os pais, foram até a biblioteca num sábado (cada um levou alguma coisinha para comer ou beber, e todos começaram a trabalhar. Lindos vasos de flores, serpentinas, quadros feitos com colagem, porta lápis, entre outras coisinhas coloridas foram criadas e serviram para decorar a biblioteca. Todos ficaram muito orgulhosos e a biblioteca ficou toda colorida.
      Não lembro de todos os detalhes, mas lembro da bibliotecária contando que este foi o estopim para diversos outros projetos, que ela e a escola desenvolveram juntas. A biblioteca se tornou um local de eventos e muita aprendizagem. Alunos mais velhos liam livros para os menores, alunos iam fazer pesquisa com o auxilio da bibliotecária (identificar palavras chave, descobrir a diferença entre um site .com, .gov, .org, analizar e selecionar websites confiáveis, tomar nota durante a pesquisa ligando a informação utilizada com a fonte da mesma (citação: corpo do trabalho e lista de trabalhos citados) e por aí foi. E foi com uma idéia simples que tudo começou. Eu a conheci quando ela estava contando esta história, num dos colóquios sobre biblioteca escolar que aconteceram em 2009.
      Bem que poderíamos aqui, pensar juntos e compartilhar algumas idéias para melhorar. Quem quer começar? :)

      Excluir
  4. Olá, eu faço parte dos "...entre outros educadores, ligados e interessados em Biblioteca Escolar..." sou assistente operacional em funções na biblioteca escolar à 16 anos e adoro o meu trabalho, só tenho pena que não seja valorizado o meu trabalho e empenho, visto só reconhecerem o professor bibliotecário.

    Paula Gomes

    ResponderExcluir
  5. eu queria saber si alquem poderia faser um resumo sobre um livro e mi fala o nome do livro é (quem não lê não vê)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. anonimo, pesquise no site http://www.booktrailer.com.br/Home.html, que te resume alguns livros e ainda mostra um vídeo sobre os mesmos. Acho que vai te ajudar.

      Excluir
  6. A Biblioteca Juarez Gomes de Sá agora está no Facebook,lá estamos dando dicas de leitura,Postando links de pesquisas.divulgando os alunos que lêem mais,valorizando e incentivando o trabalho dos professore com a leitura.Estamos tendo boa aceitação dos alunos e professores em menos de um Mês temos mais de 300amigos.Outra novidade é que estamos enviando email para os professores dando dicas de livros,divulgando o assunto tratado nos livros e aceitamos sugestões suas.

    ResponderExcluir
  7. Criei um blog que irá fazer dois meses no dia 15. No qual eu dou dicas de livros para leitura.Divulgo textos com atividades como Fábulas, lendas dos folclores e outros temas. O endereço do blog é: almeidanabiblioteca.blogspot.com
    O meu facebook é:Maria aparecida de almeida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Maria Aparecida, ví seu blog hoje e adorei! Parabéns por inovar e compartilhar! Adoraria ler os comentários dos alunos! Grande beijo e vá em frente!

      Excluir
  8. Depois de ter trabalhado dez anos como Bibliotecária de uma conceituada escola, estou em 2012 numa escola também particular que tem quase quatrocentos anos e que em sua história forja alunos a partir do contato com os livros.
    A biblioteca segue um horário tal qual as salas de aula. Cada sala de aula por duas vezes se apresenta, mas de modo diferente: uma vez a sala está com o professor que oriente o tempo para leitura variada como revistas, livros, gibis por exemplo. Neste dia todos os alunos emprestam um livro para ler em casa duarante a semana. A segunda vinda os alunos ficam com a bibliotecária que prepara um livro para ler (de acordo com a faixa etária) e a seguir a atividade de contação de história segue preferencialmente ao teatro, mímica que expressa a conclusão do livro.
    Esta programação "ideal" quase sempre acontece... Que bom, não é? Entretanto me dei conta de que as rotinas são inimigas das crianças e me propus a incentivar o que gostei e o ponto forte do livro que cada um levou naquela semana.
    Pude comentar em reunião com a diretora da escola que o trabalho da biblioteca é paralelo ao dos professores uma vez que eles analisam os livros da biblioteca de sala. Uma análise da situação e a atenção ao trabalho rotineiro poderá melhorar o fruto do empréstimo que acontece desde a pré-escola até o 5º ano ainda que se tenha muitos alunos "leitores" terminando o Ensino fundamental !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na biblioteca em que eu trabalho os alunos da educação infantil ao 5º ano do ensino fundamental vão à biblioteca e emprestam um livro por semana ( na verdade até dois livros ou um livro e um gibi).
      Contudo percebo que muitos vêem essa atividade como uma obrigação.
      Ainda não sei o que posso fazer para chamar a atenção para o prazer que a leitura proporciona, visto que todos os horários uma turma diferente vai à biblioteca e a correria é enorme para se conseguir realizar os empréstimos em tempo.
      Se alguém puder dar alguma sugestão será muito bem vinda.

      Excluir
    2. Oi Linda, por quanto tempo eles ficam na biblioteca e como é o processo de retirada de livros?

      Excluir
  9. PRECISA-SE ESCLARECER UMA COISA. PROFESSOR É PEDAGOGO E PODE ATÉ TRABALHAR COMO GESTOR DE BIBLIOTECA, MAS NÃO É UM BIBLIOTECÁRIO SE POR VENTURA NÃO TIVER FEITO O CURSO DE BIBLIOTECONOMIA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não querida, ele pedagogo não pode trabalhar como gestor de biblioteca....

      Excluir
  10. O GESTOR DE BIBLIOTECA É UM PROFESSOR QUE TRABALHA COM ATIVIDADES DE INCENTIVO À LEITURA DENTRO OU FORA DA BIBLIOTECA ASSIM COMO ORGANIZA SEU ACERVO, MAS NÃO PODE SER CHAMADO DE BIBLIOTECÁRIO SE ESTE NÃO TIVER FORMAÇÃO NESSA ÁREA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então é necessário esclarecer também a atuação do bibliotecário na biblioteca escolar e também sobre a realidade brasileira que tem MUITOS professores que estão afastados da sala de aula e acabam indo para a biblioteca. Apesar disso ser um problema sério, devemos reconhecer que vários fazem ótimos trabalhos, dão o seu melhor, mesmo muitos tendo problemas de saúde. Há muito bibliotecários que trabalham em parceria com os professores, muitos dão aulas na biblioteca sobre os temas que lhe competem e muitos fazem contação de histórias, coisa que tem muito pedagogo que não faz.

      Excluir
  11. A BE sede do agrupamento de escolas, possui uma pequena equipa mas dedicada na dinamização com um basto leque de atividades. Para além de ser muito requisitada em componente letiva os utilizadores frequentam a BE diariamente interessados no suporte que a BE lhes oferece.
    Desempenho funções na BE à 19 anos, com a categoria de assistente operacional. Possou habilitações na área das bibliotecas e várias formações. Tenho conciência que sou um recurso humano fundamental,mas infelizmente não é reconhecida a valorização do meu magnifico trabalho ,que desempenho com competências e qualidade. Mas não desanimo é gratificante e muitissimo enriquecedor a nível pessoal.

    ResponderExcluir
  12. Nós bibliotecários, temos que reconhecer que tem muita gente, professor aposentado, professor afastado, auxiliar que não tem formação que presta um serviço muito melhor em bibliotecas que o profissional bibliotecário formado. Por isso somos tão desacreditados.

    ResponderExcluir
  13. Sou bibliotecária e trabalho em uma sala de leitura da rede municipal, temos alguns materiais que poderiam ser usados pelos professores em sala de aula mais eles falam que tem pouco tempo e nao sabem trabalhar com os materiais e nem procuram se reclicar so sabem reclamar e nao fazem nada, quando vao a sla levar suas turmas deixam eles de qualquer jeito e pede para eles lerem algo e nem acompanham os alunos,os professores ficam no face e os alunos fingem que estão lendo e fica por isso mesmo.

    ResponderExcluir
  14. Olá, sou PEUB Professora para Ensino do Uso da Biblioteca pelo 3° ano, realizamos várias atividades de incentivo à leitura e arte. Gostaria de poder trocar sugestões com colegas que também atuem nessa área.
    Isabel Angela

    ResponderExcluir
  15. A Bibliotecária trabalha com alunos e em parceria com os professores.Porque a aposentadoria se da aos 30 anos de trabalho e não em 25 como os demais professores ?Não somos regentes de classe,mas estamos em contato direto com os alunos orientando e incentivando à leitura.Acho que devemos nos mobilizar para termos os mesmos direitos.

    ResponderExcluir
  16. Sou pedagoga e estou em readaptação na sala de leitura da biblioteca escolar, trabalho com empréstimo com projetos e com outras atividades extras, tenho contato constante com os alunos do 1º ao 5º ano, mesmo assim não recebi aumento porque não estou diretamente na sala de aula, e pior as professoras não ficam junto na hora da sala de leitura, assim: como na aula de artes ,religião, educação física e aí vai, não é para o professor ficar junto na biblioteca? sim e agente vai buscar e levar cada turma de volta para sua sala de aula o que vocês acham ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ...o "fim da picada"...sem comentários...

      Excluir
  17. Olá!
    Amo BIBLIOTECAS. Sou apaixonada por bons livros. Trabalho em Biblioteca escolar desde 1998. Até hoje não consigo entender o porque de uma Biblioteca de escola não ser reconhecida. É apenas um local de armazenar livros, infelizmente. É um descaso total para com as mesmas. Falo isso com conhecimento de causa, devido a transferência de cidade de meu esposo, já passei por três bibliotecas escolares. Vejo que os professores não se interessam em conhecer, só vão até ela qdo. precisam, uns nem sabem onde fica a dita cuja. Triste, não? - Mas pra nós que amamos o “CORAÇÃO DA ESCOLA”, na minha opinião é isso mesmo. A escola que não valoriza sua biblioteca, não sabe o que está perdendo...
    Abraço à todos

    ResponderExcluir